Cremes durante e pós gravidez

Acredito que apesar de estarmos vivendo a plenitude de uma gravidez o que preocupa bastante as mamães são as consequências dela, a exemplo das temerosas estrias que podem surgir!

Assim que a barriga começou a apontar resolvi investir em cremes. Confesso que nunca fui muito preocupada em ter um ritual de cremes antes da gravidez (preguiça mesmo!), mas agora as coisas eram diferentes.

O primeiro creme que usei foi o Luciara, depois de muito pesquisar! A consistência é grossa, achei meio difícil de passar, mas sentia a minha pele bem hidratada.

Daí viajei e resolvi comprar a linha Mustela. Comprei o creme só para busto e outro para o corpo. Amei a consistência, com pouco já espalha muito bem, mas já estava super enjoada do cheiro no final da gravidez! Usei um de cada e acabou sobrando outros dois que comprei.

  
Para o pós-parto adquiri um outro creme da Mustela e estou adorando o efeito! Associo ao Bio Oil que tem efeito cicatrizante, pois apesar de querer parto normal durante toda a gestação acabei por fazer parto cesárea. A cicatriz está muito fina (palmas para o meu super e querido obstetra Dr. Antônio Carlos!!!), e o óleo uso mais por desencargo de consciência mesmo! Comprei 1 de cada, mas o Bio Oil encontro num preço razoável aqui no Brasil. O Mustela pós-parto tem a consistência fina também e rende bastante, pois é fácil de espalhar!

Para os mamilos usei o Lansinoh, que ajudou, E MUITO, na cicatrização no processo da amamentação! Depois de toda mamada eu colocava a pomada com a concha e deu muito certo! Claro que a pega correta do seio é fundamental, e o meu bebê já pegou direitinho dentro da sala de parto! Comprei 2 e usei ambas, foi no limite!! 

 
Hoje sinto a minha pele muito mais hidratada que antes da gravidez. Não sei se a eficiência foi devida aos cremes, mas mesmo feito uma super barriga não adquiri uma estria sequer!!! Acredito que o “sucesso” para tal resultado deve-se a quantidade de líquido ingerida durante a gravidez, cerca de 3 litros de água por dia, e na amamentação, cerca de 3,5 a 4 litros por dia. Uma pele hidratada de dentro pra fora é mais importante que qualquer creme, nacional ou importado!

Anúncios

Ensaio Gestante

Henrique já nasceu e fiquei devendo uma postagem do Ensaio Gestante que fiz quando estava com 36 semanas! O ensaio foi fotografado pela minha amirmã (amiga + irmã) competentíssima Milena Mota e as fotos ficaram lindaaaas!!! Meu parto também foi fotografado por ela!

Abaixo, seguem algumas fotos do ensaio que fizemos. Difícil foi escolher somente algumas para colocar aqui!! Desculpem a “overdose”! Rsrsrs…

Liloca_Henrique (1) Liloca_Henrique (7) Liloca_Henrique (13) Liloca_Henrique (30) Liloca_Henrique (41) Liloca_Henrique (53) Liloca_Henrique (55) Liloca_Henrique (69) Liloca_Henrique (80) Liloca_Henrique (89) Liloca_Henrique (91) Liloca_Henrique (95) Liloca_Henrique (96) Liloca_Henrique (98) Liloca_Henrique (104) Liloca_Henrique (115) Liloca_Henrique (116) Liloca_Henrique (124) Liloca_Henrique (125) Liloca_Henrique (135)

 

Conheçam mais o trabalho dela em https://milenamotafotografiaconceito.wordpress.com

Beijos!!

:*

Babymoon em Paris!

10811893_779813458752535_660105218_n

Quando descobri que estava grávida não cogitava em fazer meu enxoval fora, mas havia comprado umas passagens pro Peru que, pelo meu novo estado, não poderia fazer a viagem.

Com o crédito, eu e meu marido ficamos cogitando utiliza-lo mais para uma “despedida” nossa do que propriamente com o intuito de fazer o enxoval. Claro que unir os dois seria bem melhor!

Havíamos feito uma viagem pra Europa há pouco tempo, mas a ideia de voltar não era tão má! Voltar pra Paris não é, realmente, nenhum sacrifício!!! Mas será que valeria a pena fazer parte do enxoval lá?

Estados Unidos não era prioridade para nós, apesar de muitos casais preferirem a terra do Tio Sam para fazer o enxoval. Achamos que a gente não iria curtir muito, pois lá não existe o encantamento que há na Europa!

Procurei então me informar se valeria a pena fazer o enxoval na Europa e me surpreendi com a quantidade de informações dizendo que sim! Resumindo: qualquer lugar é mais barato que no Brasil! Kkkkkk. Claro que computando os custos da viagem (que na Europa é bem mais “salgado” que nos Estados Unidos), acaba meio que saindo elas por elas caso tivéssemos feito o que fizemos lá por aqui, mas não teríamos a oportunidade de fazer a nossa “despedida” de uma vida só nossa.

Então, para quem pretende fazer enxoval na Cidade Luz, algumas dicas válidas:

1. Roupas de Bebê

Há várias lojas especializadas para roupinhas de bebê, porém não há aquela febre do consumo como nos EUA. Os europeu, em geral, são mais conservadores e gostam do que é bom e não de modismos (#meidentifico)! E nem só de grandes grifes vive a Europa! Abaixo uma lista dos sites das marcas que vendem roupinhas que achei interessante no custo/benefício pelas marcas:

http://www.jacadi.fr
http://www.petit-bateau.fr
http://www.zara.com
http://www.bonton.fr
http://www.gap.com
http://www.lacoste.com
http://www.hm.com

2. Produtos de Farmácia

Ir nas Pharmacies de Paris é de enlouquecer!!!! Vende-se as melhores marcas cosméticos, shampoos, cremes… Nossa!! E produtos para gestantes e bebês de marcas maravilhosas também! A famosa marca Mustela é francesa, e lá os produtos saem mais baratos que nos EUA! Comprei de cremes para a gestação e pós-parto até kit higiene para bebê. Maravilhosos!!!
http://www.mustela.fr
http://www.clarins.fr
http://www.bioderma.fr
http://www.eau-thermale-avene.fr

3. Compras em geral para os bebês

Existem algumas lojas especializadas em produtos para bebês, mas as mais recomendadas são a Sauvel Natal e a Aubert. Uma amiga tinha ido a Paris umas 3 semanas antes que eu para fazer o enxoval, e me aconselhou a não ir na Aubert, pois os preços não estavam tão convidativos. Fui na Sauvel Natal e lá comprei muitas coisas para o Henrique, inclusive o carrinho. Comprei o modelo Quinny Moodd e o preço saiu, na promoção, a 320 Euros. Convertendo deu quase mil reais. Não é barato, até acho que nos EUA sai um pouco mais em conta (não muito), mas pelo modelo achei bom o preço, visto que aqui no Brasil já vi vendendo o mesmo carrinho a quase 5 mil Reais! Absurdo!! Só o carrinho já compensou a viagem!
Para quem não sabe, a linha de alimentação Avent também é francesa, e você pode encontrar em qualquer loja ou Pharmacies. Trouxe mamadeiras, chupetas, esterilizador, porta leite…Tudo compensou bastante em relação ao Brasil! Em algumas Pharmacies ainda estava com super desconto!!!

http://www.sauvelnatal.com
http://www.aubert.com

Concluindo: de fato, nos EUA há mais vantagem em fazer o enxoval pela variedade de produtos e também pelos outlets de roupas que lá existem, mas com certeza não há o encantamento que a Europa pode oferecer!! Além das compras, desfrutar da cidade mais romântica do mundo ao lado do seu amor e do fruto deste amor que está para chegar é indescritível, além dos registros lindos neste momento tão especial!

10808336_779813235419224_107224186_nJardin Du Luxembourg

Bisou!!!

Obs: Viajamos no Outono (início de Novembro de 2014) e estava com 24 semanas!

Novidades…

O blog deu uma leve paradinha por conta de alguns acontecimentos durante estes dois últimos meses, que com certeza acrescentará outros tipos de conteúdos…

Neste exato momento estou viajando por um novo mundo, totalmente desconhecido e empolgante: o da maternidade!!!

Agora tudo está azul como o lindo céu com a espera do nosso príncipe Henrique!

Diante deste momento, também tentarei escrever sobre este novo universo, com dicas, anseios, dúvidas e, claro, sobre a nossa “Babymoon” que daqui a pouco acontecerá! O destino? Surpresa!!

Com certeza a maternidade é a mais emocionante de todas as viagens!

OPI-3001.eps

Fonte da imagem: http://amarildocharge.wordpress.com/2013/05/20/mae-terra/