Mi Buenos Aires Querido! (Parte II): Roteiro Gastronômico

Como dito no primeiro post sobre a Argentina, passamos poucos dias por lá.

Em nossa primeira noite em Buenos Aires, decidimos ir a Puerto Madero conhecer o famoso restaurante Siga la Vaca. Imagem

Siga la Vaca

Eu não sou muito apreciadora de carnes vermelhas (por isso ameeeeei minha experiência gastronômica no Chile, repleta de frutos-do-mar), mas meu marido adora carne! Não sou muito indicada para dizer se achei bom ou não. Na verdade achei as carnes lá bem sem sal, mas acho que é proposital, para poder sentir realmente o gosto delas. Prefiro o churrasco à brasileira, com bastante sal grosso! 😛 Em compensação, a sobremesa (Petit Gateau) do restaurante estava divina!!!

ImagemSiga la Vaca

Na segunda noite decidimos voltar a Puerto Madero e ir ao restaurante Cabaña Las Lilas. Maravilhoso!!

ImagemLila nos Cabaña las Lilas! 😛

Pudemos apreciar um bom vinho antes de vagar uma mesa (disputadíssimo). Também pude variar um pouco o cardápio e sair das carnes vermelhas!

Imagem

Cabaña las Lilas

Na terceira noite fomos ao Esquina Carlos Gardel e o pacote que compramos oferecia o jantar, portanto não fomos a um restaurante. Porém, preferimos ficar mais bebericando nesta noite que comer! Imagem

Esquina Carlos Gardel

Em nossa última noite, voltamos a Puerto Madeiro e fomos ao Restaurante Brasas Argentinas. Nesta noite houve greve das pessoas que trabalhavam em restaurantes e poucos foram os proprietários que se arriscaram a abrir. Inclusive no final da noite passamos por um aperto quando manifestantes cercaram os restaurantes abertos e soltaram bombas na rua, ovos nas fachadas… Ficamos presos por mais de 1h e estava preocupadíssima em ter q perder o vôo de volta ao Brasil, mas a polícia chegou e tudo foi controlado.

O “Brasas” foi um dos poucos abertos. Apesar da pouca oferta de restaurantes nesta noite, este eu amei! Ele é estilo rodízio, mas tudo oferecido era de primeiríssima qualidade!!! Fiquei, claro, nos frutos-do-mar como lagosta, camarão, paella e me atrevi a comer uma carninha vermelha só para não passar em branco!

ImagemBrasas Argentinas

Puerto Madero estava tranquila antes de irmos ao restaurante e decidimos nos despedir da cidade passeando pela Puente de La Mujer.

Imagem

Puente de La Mujer

Além dos restaurantes aqui citados, há outros que devem ser visitados por lá, a exemplo do Café Tortoni, que acabamos nos perdendo e o tempo se exauriu para conhecermos. Owww, dor de cotovelo! Rsrsrsrsrs…

Ah! E também não poderia deixar de mencionar que deliciosos alfajores (doce típico da Argentina) devem ser degustados, e os doces de leite. Deliciosos!

Imagem

Com este post me despeço da Argentina.

Beijos.

Lila.

Anúncios

Chile le le le – Parte I (Roteiro Gastronômico)

Para iniciar o blog, nada melhor que um post em relação a viagem. Escolhi este país encantador que é o Chile. Lá eu e meu marido passamos nossa lua-de-mel (2011), e ficamos surpresos como o país oferece lugares maravilhosos para visitar em todas as épocas do ano. Fomos no inverno e mostrarei as impressões que tive deste querido país. Preferi dividir o post do Chile em categorias, para melhor ilustrar o que vivenciamos por lá.

Pra começar, bom dizer que o Chile não é barato como a Argentina. Na época em que fomos, convertendo a moeda (Peso Chileno) fica mais ou menos igual ao Brasil. Mas como quem “converte, não se diverte”, nada de ficar contabilizando tudo na viagem! Rsrsrsrs…

Eu e Fabiano (meu marido) adoramos todas as cidades que visitamos no Chile! Sentimos que os Chilenos adoram os brasileiros, principalmente porque se identificam conosco na rivalidade contra a Argentina!

No Chile come-se muitíssimo bem!!! A culinária é baseada em muitos frutos-do-mar. Tem muita influência da culinária peruana. Há um peixe lá chamado Congrio que vale a pena conhecer! Eles também gostam muito de carne de cordeiro.

Pra começar o roteiro, vou elencar alguns restaurantes que fomos.

1. BKS (Patio Bella Vista): Havíamos chegado a pouco tempo e não sabíamos onde comer. Fomos neste restaurante no Patio Bella Vista. Este Patio é um complexo de vários bares e restaurantes e é muito legal!!! Comemos uma massa com camarão muito gostosa lá! Vocês devem ir no Patio Bella Vista, lá há uma diversidade de restaurantes e lojinhas. Não sabe onde comer no Chile? Patio Bella Vista é a solução!

Imagem

2. El Galeón (Mercado Central): Lá comemos uma entrada de mariscos deliciosa e também a famosa Centolla!!! Não é muito barato… Uma Centolla, que pelo tamanho comeriam 4 pessoas custou, convertendo, o valor de 250 reais. Só a Centolla! Rsrsrsrsrs… Mas ir ao Chile e não comer a Centolla é como ir ao Rio e não ver o Cristo! :P. O mercado não se parece em nada na limpeza com o de Sampa, e também é bem menor, mas é um local pra se conhecer! Há um restaurante famoso dentro dele também, porém há vários comentários que o mesmo não é tão bom quanto o El Galeón,  onde a entrada fica por fora.

Imagem

3. Aquí está COCO (La Conception, 236, Providencia): Este não é voltado pro turista, mas foi aqui que conheci o famoso peixe Congrio! Foi um dos melhores restaurantes que fomos!!! Demais!!! Precisa de reserva. Ambiente lindo, chique, mas não impessoal. Devem ir!!!

Imagem

4. Astrid y Gaston (Antonio Bellet, 201, Providencia): Comi um salmão maravilhoso! Também não é um restaurante tão voltado para o turista, mas vale a pena ir, pois é muito gostoso! Os garçons foram muito atenciosos e nos deram vários mimos de sobremesa! A louça é um charme!

Imagem

5. Como Água para Chocolate (Constitucion, 88, Bellavista): Tentamos jantar lá e não tinha mais reserva… Disputadíssimo!!! Mas aí fomos almoçar em outro dia e arrisquei o Congrio de novo. Não me arrependi!! Este e Aquí está Coco foram os melhores restaurantes que fomos!! A ambientação do Como Água para Chocolate é linda, tem até uma cama que serve de mesa!!!

Imagem

6. Epicúreo (Constitucion, Bellavista): Este fomos porque na noite que íamos ao Como Água não havia vaga… Foi o que menos gostamos, mas em compensação tomei um drink lá com uma erva chamada Albahaca que me deixou muito animada! Kkkkkkk… Bem legal! E é gostoso, parece um pouco com hortelã! Comi salmão, que estava muito bom também!

Imagem

7. Montana Steak House (Patio Bella Vista): Após tantos peixes e crustáceos em nosso cardápio, teve uma hora que sentimos falta de carne. Fica no Pátio Bella Vista, comemos uma deliciosa carne lá.

Imagem

8. Giratorio (Providencia): Este é o famoso restaurante que o salão fica girando enquanto comemos… Calma!!! É devagar!!! Rsrsrsrsrs… Achamos gostoso, comemos camarões equatorianos. Você vê Santiago por cima, sempre com vista para as Cordilheiras dos Andes! Vale a pena ir! Fomos no almoço para apreciar a vista, pois como era inverno, a noite seria bem provável que houvesse muita neblina.

Imagem

9. Delícias del Mar (Viña Del Mar): Em Viña del Mar fomos em um restaurante indicado pela excursão. Lá fizemos amizade com o garçom e levamos umas 3 garrafas de vinho (estávamos com outro casal e havia muuuitos brasileiros). Foi uma festa!!! Kkkkkkkkkkkkkk… Todos saíram  beeeem animados, foi bem engraçado!!! Lá comemos muitíssimo bem!

Imagem

Além destes restaurantes, fomos a cafés deliciosos… Finalizo afirmando que no Chile uma de suas grandes atrações é a culinária! Não dá como pensar no Chile e não ficar com água na boca! Delícia!

Também não posso deixar de registrar que os pratos devem vir acompanhados dos deliciosos vinhos chilenos ou de uma bebida típica da região, o chamado Pisco Sour, que é delicioso!!! Confesso que gostei muito mais do Pisco Sour Chileno que do Peruano!

Espero que as minhas dicas gastronômicas possam servir como base para quem deseja visitar o Chile.

¡Buen apetito!

Lila.